Bahia de Feira e Atlético-BA reeditam final do Baianão de 2021 na semifinal de 2022

No dia 23 de maio de 2021, Bahia de Feira e Atlético de Alagoinhas se enfrentaram na Arena Cajueiro com uma missão bem estabelecida: conquistar o título do Campeonato Baiano. À época, o Carcará levou a melhor, faturando sua primeira taça na história da competição. Neste sábado (26), as equipes se reencontram, no mesmo local, às 16h, com um objetivo parecido: chegar à final do mesmo torneio. A semifinal será disputada em dois jogos, sendo a ida na Arena Cajueiro e a volta no Antônio Carneiro, em Alagoinhas, marcada inicialmente para o dia 30 de março. Do lado do Atlético, pesa o histórico recente. Finalista nas duas últimas edições, o Carcará vem encantando em 2022 aqueles que gostam do futebol ofensivo. Na primeira fase, a equipe marcou 17 gols em nove jogos, terminando com o segundo melhor ataque – atrás apenas da líder Jacuipense, que marcou 19. E o sucesso não é só estadual. O clube disputou pela primeira vez a fase de grupos da Copa do Nordeste neste ano, e já obteve um resultado histórico: avançou às quartas de final, onde perdeu para o Fortaleza. Do lado do Bahia de Feira, pesa o histórico geral. Campeão em 2011 e vice em 2019, o Tremendão chegou à fase de mata-mata do Baianão em cinco oportunidades nas últimas sete edições. Em 2022, a equipe teve campanha segura, e ficou com a terceira colocação na primeira fase, com 17 pontos – mesmo número do adversário desta tarde, com um saldo de gols inferior. FICHA TÉCNICA Bahia de Feira x Atlético de Alagoinhas Campeonato Baiano – Semifinal Data: 26/03/2022 (sábado) Local: Arena Cajueiro, em Feira de Santana (BA) Horário: 16h00 Árbitro: Marielson Alves Silva (BA) Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Luanderson Lima dos Santos (ambos da BA) Bahia de Feira: Adilson; Wellisson, Alberte, Paulo Paraíba e Eduardo; Alex Cazumba, Cássio, Pelé e Victor Salvador; Caíque e Deon. Técnico: Flávio Araújo. Atlético de Alagoinhas: Fábio; Edson, Iran, Bremmer e Matheus; Lucas, Dionísio, Jerry e Miller; Cesinha e Thiaguinho. Técnico: Agnaldo Liz.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta