Autor de golaço, Jacaré descarta rótulo de herói e dedica triunfo à torcida

Vitor Jacaré saiu do banco e mudou a história do Bahia no clássico com o Sport

Autor de um golaço no triunfo do Bahia sobre o Sport, na noite desta quarta-feira (8), o atacante Vitor Jacaré adotou a modéstia. Depois de sair do banco de reservas para anotar o único tento da partida, o jogador rejeitou o rótulo de herói e e dedicou a vitória aos torcedores que foram em bom número à Fonte Nova pelo segundo jogo seguido. Foram 27 mil hoje e 33 mil no sábado, diante do Criciúma.

“Não fui o herói. O herói foram todos os jogadores e a torcida. Sem ela não teríamos forças para correr e sair com o triunfo”, iniciou o camisa 29. “Sobre o gol, é fruto do trabalho durante a semana. Tem jogo que não vou fazer gols, mas sempre vou dar meu máximo", completou o atacante.

Quem também exaltou a presença dos torcedores foi o volante Patrick. O jogador destacou ainda que a força do Bahia como mandante vai ser fundamental na luta pelo acesso. O tricolor venceu todas as seis partidas que fez na Fonte Nova na atual Série B.

“É maravilhoso [o apoio do torcedor], a gente só tem que agradecer. Temos que continuar assim em casa até o final do campeonato para conseguir essa classificação”, analisou Patrick.

O próximo jogo do Bahia é fora de casa, sábado (11), às 18h30, contra o Operário. A partida será em Ponta Grossa, interior do Paraná. Depois o tricolor fará três jogos seguidos em casa, contra Chapecoense (dia 14), Athletico-PR (a definir) e Novorizontino (dia 25). O confronto com o Furacão é pela Copa do Brasil.

Correio 24hs

Deixe uma resposta