Atriz de iCarly afirma que está feliz com a morte da mãe

A atriz Jennette McCurdy, que interpretou a personagem da Sam, melhor amiga da protagonista em ICarly, ganhou atenção da internet após anunciar a publicação de um livro autobiográfico entitulado "Estou feliz que minha mãe morreu".

A ex-estrela mirim, que não participará do revival de ICarly que será ainda lançado, passou por traumas envolvendo a série, e afirmou ter aversão a sua carreira. Ela explicou que muito disso se deve à sua mãe.

Segundo Jennette, nunca foi seu desejo ser uma estrela, mas isso era uma imposição materna. A família era muito pobre, e a fama de Jennette acabou se tornando uma obsessão da mãe, que obrigou a atriz a seguir a carreira. Como consequência, ela desenvolveu problemas como ansiedade, vícios, distúrbios alimentares e uma autoaversão à sua carreira.

Uma das consequências disso foi que, aos 10 anos, a atriz já era obrigada a pintar os cabelos e fazer clareamento dental, e aos 11, enfrentava dietas rigorosas e desenvolveu anorexia e bulimia.

A bulimia foi desenvolvida porque a personagem Sam Puckett comia tudo que aparecia pela frente, o que fazia com que a atriz estivesse sempre se alimentando diante das câmeras.

Jennette logo se afastou dos holofotes, após a morte da mãe, em 2013, devido a um câncer. Agora, a ex-atriz fica atrás das câmeras, na direção e roteiro, e, agora, como escritora.

O títuto traduzido da biografia é também o nome da peça que a atriz escreveu e apresenta, e foi anunciado na segunda (4) em suas redes sociais. A publicação está prevista para agosto de 2022, nos Estados Unidos.

A obra está em pré-venda no país. Jennette diz que "riu e chorou bastante enquanto estava escrevendo o livro, mas que está orgulhosa do que esse trabalho se tornou" (tradução livre).

Correio 24hs

Deixe uma resposta