‘As próximas 48 horas são primordiais’, diz irmão do ex-BBB Rodrigo Mussi

Diogo Mussi falou sobre estado de saúde do irmão

O quadro de saúde do ex-BBB Rodrigo Mussi é estável. A informação foi divulgada na tarde desta sexta-feira (1) por seus irmãos, que estiveram no Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde Rodrigo permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Mussi estava em uma corrida da 99, que ganhou durante o reality show, quando o motorista cochilou ao volante e bateu em um caminhão carregado de soja na madrugada de quinta-feria (31).

Segundo Diogo Mussi, o próximo boletim médico só será divulgado no final da tarde de sábado (2). "Ele está na UTI e agora cada minuto depende dele, mas ele está indo bem. As próximas 48 horas são primordiais para a recuperação. Não tem o que fazer além de acompanhar", afirmou ao lado de sua mulher na porta do hospital.

Carro ficou completamente destruído (Foto: Acervo Pessoal)

O hospital ainda não liberou visitas e a família não teve acesso ao ex-BBB. "Foi uma cirurgia para colocar um monitor no cérebro e uma na perna. Mas está tudo bem, agora é esperar dia após dia, torcer para ele reagir. Não tem muito o que possa dizer. Os médicos mesmo não dizem muita coisa, o quadro geral é estável. Não pode visita, é um protocolo do hospital. Viemos só conversar com os médicos", disse.

Leia mais:

Ex-BBB Rodrigo Mussi sofre grave acidente de carro em São Paulo

Após cirurgia na cabeça, ex-BBB Rodrigo permanece sedado na UTI

'Devo ter cochilado', diz motorista que dirigia para ex-BBB Rodrigo Mussi

Rodrigo Mussi: tudo o que já se sabe sobre o acidente com o ex-BBB

Ainda de acordo com Diogo a cirurgia correu dentro do esperado. "Ele é jovem, ele é forte, é saudável. Agora depende da recuperação dele, dele progredir cada vez mais, e é o que está acontecendo… Ele teve múltiplas fraturas, então o corpo entra em um processo inflamatório natural, então agora é esperar isso abaixar para que amanhã talvez eles consigam tirar a sedação, diminuir a sedação para que ele reaja e assim seja extubado e prossiga", explicou esperançoso.

Diogo também explicou que, apesar do acidente ter acontecido por volta das 4h da madrugada, a família só soube no final do dia. "Ele chegou sem documento, como desconhecido, ninguém sabia quem era, então ficamos sabendo apenas no início da noite". O irmão de Rodrigo acredita que os documentos tenham se perdido durante a batida.

Correio 24hs

Deixe uma resposta