Após ser demitida do ‘Fala Brasil’, Carla Cecato diz: ‘Divórcio difícil’

Rio – Carla Cecato, de 43 anos, falou sobre sua saída do “Fala Brasil”, da Record, em entrevista ao site “Na Telinha”, do “Uol”. A jornalista, que passou 16 anos na Record e 12 à frente do “Fala Brasil”, contou que não tem sido fácil se acostumar a não estar mais à frente do noticiário.

“Não está sendo fácil, não vou mentir. Afinal, são dezesseis anos no mesmo lugar, na mesma empresa, com uma mesma rotina. Sinto mais falta das pessoas, do convívio. Do jornal então, nem se fala… O Fala Brasil foi minha casa por 12 anos. Quando entrei não era casada, nem tinha filho. Ou seja, minha história e da minha família são intrinsecamente ligadas à Record, desde o começo. É um divórcio real, difícil, e dói. Mas faz parte”, disse a jornalista, que nos últimos dois anos estava apresentando o noticiário apenas aos sábados.”O que mais dói em mim é deixar meus telespectadores. Tenho muito carinho pelo público, pela TV… Em 16 anos ganhei amigos, mesmo que virtuais, e agora tenho a oportunidade de conhecê-los através do meu Instagram”, disse a apresentadora, que nega guardar mágoa contra a Record.

“Semana passada conheci outro alto executivo de televisão, dono de uma emissora. Estou analisando as propostas. Em apenas um mês conheci pessoas fantásticas, novas possibilidades. Parece que o mundo se abriu para mim. Mas para voltar a ser empregada tem que valer muito a pena. Quero poder tocar projetos particulares em paralelo. Carteira assinada não faz mais parte dos meus planos”. O Dia

Deixe uma resposta