Angola: órgão da ONU alerta para pior seca no país em 40 anos

O sudoeste de Angola enfrenta uma seca em grande escala – a pior em 40 anos – que está aumentando a fome, segundo disse o Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU nesta sexta-feira (26).

A seca tem graves consequências na lavoura, segundo o PMA, com perdas de até 40%, e também para a sobrevivência do gado.

Essa situação também leva a grandes deslocamentos populacionais dos angolanos para a Namíbia, o país vizinho.

Edição: Sumaia Villela – Agência Brasil

Deixe uma resposta