Aeroporto inaugurado por Bolsonaro só permitiu pouso de jato de Gusttavo Lima, para show

O aeroporto Lauro Kurtz, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, reinaugurado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), ainda não está funcionando totalmente, pois não pode receber jatos. A logística fez com que as empresas Gol e Azul até adiassem o retorno às operações, pois o aeroporto não permite pousos e decolagens à noite.

Até o momento, o equipamento só permite na pista durante o dia aviões turboélices ou com motor de hélice convencional. Todavia, uma exceção foi aberta para o jatinho do sertanejo Gusttavo Lima. O canto e apoiador do presidente conseguiu pousar na cidade na noite do dia 8 de abril para fazer um show. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

O privilégio foi possível graças à emissão de um documento chamado Notam, divulgado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), ligado ao Ministério da Defesa. A autorização permitiu pousos e decolagens no aeroporto apenas por algumas horas, entre a noite de sexta (8) e a madrugada de sábado (9), justamente quando o jatinho de Gusttavo Lima precisou usar o espaço.

A estreita relação entre o cantor e Bolsonaro tem ficado evidente nos últimos dias. Nesta quinta-feira (14), o presidente esteve João Pinheiro, no Noroeste mineiro, para conceder títulos de terras a produtores rurais. No discurso, ele chamou ao palco Alcino Lima, pai do cantor sertanejo. O mineiro foi convidado a sentar na cadeira do chefe do Executivo nacional.

Correio 24hs

Deixe uma resposta