99 muda regras de segurança após acidente com Rodrigo Mussi; confira

O acidente automotivo do ex-BBB Rodrigo Mussi fez com que a 99 corresse atrás de uma atualização de seus protocolos de segurança. A empresa – que emprega o motorista que conduzia o carro envolvido no acidente – compartilhou nas redes sociais suas novas iniciativas de segurança no trânsito.

"Dentre as medidas, iniciamos ações massivas de educação e iremos aprimorar as nossas políticas para manter o ambiente mais seguro para todos os usuários. Já está ativa a possibilidade do motorista cancelar a viagem caso o passageiro se recuse a usar a proteção, sem penalidades ao condutor", destacou a 99. "Também já implementamos banners de avisos adicionais pedindo o uso do cinto de segurança antes e no início das corridas. Em breve, mensagens de voz também serão adicionadas para esse reforço", acrescentou.

A empresa ainda revelou que, nas próximas semanas, haverá um espaço no próprio aplicativo dedicado para motoristas e passageiros reportarem viagens sem o uso do cinto de segurança. "Usuários que desrespeitarem as regras receberão alertas educativos e até bloqueios, em casos de reincidência", informou.

Câmera flagrou colisão

O momento do acidente que causou diversas lesões na cabeça e pernas do ex-BBB Rodrigo Mussi foi flagrado por uma câmera de segurança de um prédio na Marginal Pinheiros, em São Paulo. O influenciador foi internado na última quinta-feira (31) no Hospital das Clínicas, na capital paulista, após uma colisão no trânsito.

Nas imagens, é possível ver o veículo branco, conduzido por um motorista de aplicativo, batendo no fundo de uma carreta.

O motorista Kaique Faustino Reis, de 24 anos, admitiu inicialmente que poderia ter cochilado antes de bater o automóvel na traseira do caminhão que trafegava num acesso à Marginal Pinheiros, entre as pontes Cidade Universitária e Eusébio Matoso, na região do Butantã, Zona Oeste de São Paulo.

Correio 24hs

Deixe uma resposta