Cientista se prepara para começar experimento com modificação do DNA de bebês

Um biólogo molecular chamado Denis Rebrikov pretende modificar genes de bebês humanos para então colocar iniciar experimentos até o final deste ano.

Segundo a revista galileu, o cientista quer inseminar embriões modificados em mulheres, ele deve receber a permissão do governo, como afirma a revista científica Nature.

Rebrikok, que é russo, diz que seu experimento terá como alvo o mesmo gene usado por outro cientista, o chinês Jiankui, que no ano passado anunciou que gerou os primeiros bebês geneticamente modificados.

A reportagem da revista indica, que o biólogo molecular defende que sua técnica oferecerá maiores benefícios, representará menos riscos e será mais eticamente justificável e aceitável para o público.

O russo afirma que planeja desativar o gene que codifica uma proteína que permite que o HIV entre nas células em embriões que serão implantados em mães HIV-positivas, reduzindo o risco de transmitirem o vírus para o bebê no útero.

Rebrikov também apontou que já tem um acordo com um centro de HIV para recrutar mulheres infectadas com HIV que querem participar do experimento. O russo é o diretor de um laboratório de edição de genoma na maior clínica de fertilidade da Rússia, o Centro de Pesquisa Médica Nacional Kulakov para Obstetrícia, Ginecologia e Perinatologia, em Moscou, e é pesquisador da Universidade Russa de Pesquisa Russa Pirogov, também em Moscou.

Deixe uma resposta