Michel Temer é cotado para assumir embaixada brasileira na Itália

Michel Temer é um forte candidato para assumir a embaixada do Brasil em Roma, na Itália, após deixar a Presidência, conforme fontes do Palácio do Planalto e do Ministério das Relações Exteriores disseram ao “Correio Braziliense”. Procurado pelo jornal, o Itamaraty não se pronunciou sobre o assunto.

Se confirmada a nomeação, Temer manteria o foro privilegiado.

O presidente eleito Jair Bolsonaro, a quem caberá nomear ou não Temer, se encontrou com o embaixador da Itália para definir as questões sobre a possível extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti, acusado de terrorismo na Europa e exilado no Brasil.

Segundo o jornal, a Presidência da República nega que Temer tenha interesse em aceitar um eventual posto na embaixada da Itália ou em qualquer outro posto diplomático.

Atualmente, a embaixada é chefiada por Antonio de Aguiar Patriota, diplomata de carreira e ex-chanceler de Dilma Rousseff (PT).

Deixe uma resposta