Banco de Castro Alves não têm previsão de reabertura após assalto

Uma das agências explodidas durante assalto na cidade de Castro Alves não tem previsão de retornar seu funcionamento. Segundo nota do Banco do Brasil, responsável pela agência, o local passará por um processo de reconstrução antes de sua reabertura.

O assalto aconteceu na última terça-feira e também atingiu uma agência da Caixa Econômica Federal. A Polícia foi acionada e, segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os bandidos conseguiram fugir após atirar contra os policiais e queimar um carro no caminho. Moradores da cidade informaram que houve tiro das 2h até as 4h da madrugada.

Relembre o caso
Caixas eletrônicos de agências bancárias da cidade de Castro Alves, no Recôncavo da Bahia, foram explodidos por criminosos durante a madrugada da última terça-feira (6). Por volta das 2h, os ataques foram iniciados. Além dos bancos, os bandidos atearam fogo em veículos e fizeram barreiras nas ruas de acesso às agências para evitar a aproximação da polícia.

A SSP-BA informou, em nota, que o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) investiga a explosão de caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na cidade de Castro Alves.

Dados dos Sindicatos dos Bancários da Bahia indicam que até a última segunda-feira (5) haviam sido registrados 47 ataques a instituições bancárias da Bahia. Com esses dois de Castro Alves, o número sobe para 49.

Fonte: Correio da Bahia/Bahia10

Deixe uma resposta