Dez crianças brasileiras ainda permanecem em abrigos nos EUA

A poucas horas do prazo final dado pela Justiça americana para a reunião de todas as crianças separadas dos pais na fronteira dos Estados Unidos, dez menores brasileiros ainda permanecem em abrigos, segundo informou nesta quinta-feira (26) o Itamaraty.

As crianças têm entre 5 e 17 anos, e estão em instituições localizadas em Chicago e no Texas. O governo dos EUA tem até a meia-noite desta quinta para reunir todas as crianças aos pais, conforme determinou um juiz federal na Califórnia.

O Departamento de Justiça, porém, já informou nesta semana que parte das famílias não deve ser reunida – entre elas, cerca de 500 pais que foram deportados aos seus países de origem sem os filhos.

O Itamaraty diz estar acompanhando a situação dos menores e trabalhando para agilizar a documentação necessária para reunir as famílias. Na semana passada, eram 30 crianças brasileiras que estavam sob a guarda de abrigos. Desde então, 20 foram reunidas aos pais ou guardiões legais.

No total, cerca de 2.600 crianças imigrantes foram separadas dos pais desde abril, quando a administração de Donald Trump iniciou a política de tolerância zero contra a travessia ilegal da fronteira. Pelo menos 50 delas eram brasileiras.

Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta