Pelo menos metade da bancada do PR estaria com Bolsonaro; partido na BA nega

O Partido Progresista (PR) ainda não bateu o martelo sobre o apoio ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), mas cerca de metade da bancada de 41 parlamentares da sigla estaria “vendo com bons olhos” a aliança.

De acordo com a Coluna Expresso, a motivação dos progressistas seria o bom desempenho do presidenciável nas pesquisas eleitorais.

Bolsonaro atualmente namora com o senador Magno Malta (PR) para a sua vice.

No entrave da coligação, o pré-candidato ao Planalto teria condicionado a aliança com o partido, caso o PR na Bahia revogue o apoio ao governador petista Rui Costa.

O presidente da estadual baiana, José Carlos Araújo (PR), disse ao Bahia Notícias que não acredita em determinação nacional do partido para revogar aliança com o PT, a pedido de Bolsonaro.

Deputado baiano articulador do grupo político, José Rocha (PR) minimizou o tamanho da bancada que apoia o nome do PSL.

Segundo o parlamentar apenas 9 nomes do PR apoiam a  união.

“O compromisso com o PSL vem de Magno Malta, mas o senador não está muito interessado na vice. Ele não deseja abdicar de uma reeleição praticamente ganha”, explicou.

Bahia Notícias

Deixe uma resposta