Salvador: Moradores da Ribeira denunciam que criminosos realizam assaltos e fogem de barco

Moradores do bairro da Ribeira, ponto turístico de Salvador localizado na Península Itapagipana, denunciam que assaltantes têm utilizado barcos para cometer crimes na localidade, tanto no mar quanto em terra.

Os criminosos estão sendo chamados de Piratas da Ribeira.

Segundo os moradores, eles chegam de barco, cometem os crimes e fogem pelo mar. Um das vítimas, identificada pelo prenome de Moisés, disse que estava sentado com amigos, por volta das 21h, quando os bandidos chegaram pelo mar. “Só vi chegarem dois rapazes [dizendo] ‘perdeu, perdeu’.

Eu só fiz entregar o celular, eles saíram e entraram num barco. Nós ouvimos a zoada do remo e depois do motor, então tinha alguém na canoa ou na catraia esperando para poder leva-los”, conta Moisés.

Os piratas também têm atacado pescadores e outras embarcações que ficam atracadas na praia da ribeira. Um pescador conta que o irmão dele já foi vítima.

“Meu irmão tem um barco que já arrombaram, levaram o som do barco, bateria. No meu não tinha nada, porque eu não deixo, mas já levaram vários motores aqui de colegas nossos, que são pescadores.

Eles vêm, estouram os cadeados, levam os motores e fogem pelo mar”, diz o pescador.

De acordo com a Marinha do Brasil, eles não são os responsáveis por fiscalizar ou combater esse tipo de ação criminosa dos piratas.

Já Polícia Militar informou que tem equipes trabalhando no policiamento da Ribeira e que no casos desses assaltos em que os bandidos vêm pelo mar, pode contar com o reforço de aeronave do grupamento aéreo, e até de uma lancha, se for necessário.

A Secretaria da Segurança Pública disse, entretanto, que nenhuma vítima fez o registro da ocorrência da ação dos piratas na Ribeira.

G1 Bahia

Deixe uma resposta