Vendas de televisão tendem a crescer 5% no período da copa

As datas sazonais aquecem o varejo durante o ano, e na Copa do Mundo não é diferente. Para impulsionar as vendas de TVs no período, por exemplo, muitas lojas e magazines criaram promoções e condições especiais e atraíram a atenção dos consumidores. Segundo Claudio Felisoni, presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR), a venda de TVs, motivada especificamente pela Copa, gira historicamente em torno de 5% do total.

O especialista acredita que os fãs do futebol não são mais reféns do aparelho e podem optar por outros produtos como celulares, tablets e laptops

. “Em campeonatos passados, o consumidor tinha que ter uma TV para assistir aos jogos, agora pode optar por outros aparelhos”, diz Felisoni.

Entretanto, o professor explica que consumidores “novidadeiros” tendem a ceder e adquirir novos produtos com frequência, ainda mais em datas especiais, como na Copa. Já pessoas menos propensas a gastar com novidades, normalmente, esperam os preços diminuírem ou ficam de olho nas promoções.

Notícias ao Minuto

Deixe uma resposta