Tags Posts tagged with "Vera Cruz"

Vera Cruz

844
Foto: reprodução

Uma denúncia de troca de tiros à Polícia no condomínio Barra do Caminho, no município de Vera Cruz, levou os policiais da 5ª Companhia Independente (CIPM/Vera Cruz) encontrarem dois homens mortos, na madrugada deste sábado (12). As vítimas foram identificadas com Ariney de Jesus Lima, de 40 anos, e Ariosvaldo Prata Passos \júnior, de 38 anos.

A Polícia não tem pistas dos autores do homicídio, pois quando chegou ao local já encontrou os corpos. Ninguém soube falar sobre o crime. A Polícia vai investigar o caso.

 

 

4826

Quatro homens morreram em confronto com policiais da 5ª Companhia Independente na madrugada de terça-feira (26), em Vera Cruz. Os militares foram averiguar uma denúncia que apontava que um grupo a bordo de uma picape branca estava praticando assaltos na localidade de Barra do Pote. Ao avistar o veículo com os suspeitos, a guarnição realizou a abordagem. Em seguida, um dos passageiros se identificou como Gevilson Almeida Santos, soldado do 5º Batalhão da Polícia Militar. Os homens, então, foram liberados, porém, continuaram sendo monitorados pela Polícia Militar.

Minutos depois, o mesmo grupo foi encontrado efetuando disparos contra um homem que estava no chão. Ao perceberam a aproximação das guarnições, eles passaram a atirar contra as viaturas. Na troca de tiros, todos foram baleados. De acordo com a PM, eles chegaram a ser socorridos para o Hospital Geral de Itaparica (HGI), mas não resistiram e morreram.

Os três homens que acompanhavam o suposto policial foram identificados como Davi Souza de Jesus, Josean dos Santos e Marcelo dos Santos Lisboa. O homem baleado pelo grupo, que não foi identificado, também não resistiu e morreu. O suposto policial Gevilson Almeida Santos foi expulso da corporação por envolvimento com grupos de extermínio, roubo e extorsão, além de outros crimes não informados.

  • Foram apreendidos com o grupo três revólveres calibre 38, um simulacro de pistola, dez aparelhos celulares, cerca de cem pedras de crack, três trouxas de maconha e cerca de 50 pinos de cocaína.

Informe Baiano

679

O corpo de Jeferson Nascimento Santos, 10 anos, desaparecido desde o último dia 25, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (31) no município Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. De acordo com a polícia, a criança foi morta após uma briga na escola onde estudava, motivada por uma bolinha de papel.

Segundo o tenente Ferreira, da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vera Cruz), o crime foi cometido por dois adolescentes de 14 e 15 anos. De acordo com ele, a vítima jogou uma bolinha de papel na irmã de um dos suspeitos, o que gerou uma briga, na quinta-feira, mesmo dia em que Jeferson desapareceu.

De acordo com tenente Ferreira, para se vingar da situação, o adolescente chamou um amigo e matou o menino com pauladas e facadas. O corpo da criança foi encontrado em uma área de matagal, no bairro Gameleira, atrás do Colégio Municipal Geralda Maria da Conceição.

Irmã de Jeferson, Adilene Alves contou que o corpo estava amarrado, com sinais de violência e marcas de facadas. “Foi a família que achou. Soubemos ontem a noite da localização do corpo, mas como era muito tarde, deixamos para procurar hoje. Saímos às 5h e achamos”, disse muito emocionada.

“A última vez que vimos ele foi no dia 25. Ele estava brincando como de costume nas redondezas lá de casa com os primos e desapareceu”, lembra Adilene. Os dois adolescentes foram levados para a 24ª Delegacia (Vera Cruz).

A família do garoto chegou a fazer protestos pedindo mais agilidade na investigação e buscas pelo garoto nesta terça-feira (30).

Correio24hs

504

Foi preso na noite de quarta-feira (24), em Mar Grande, no município de Vera Cruz, Ânderson Costa dos Santos, o Zoio de Gato. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, ele foi capturado com ajuda de imagens de câmeras de segurança instaladas na cidade.Zoio de gato faz parte da organização criminosa Bonde do Maluco. Ele havia fugido do Hospital Octávio Mangabeira, no bairro do Pau Miúdo, em Salvador, há duas semanas atrás.

A Polícia Militar montou um cerco em Vera Cruz após receber informação do GPS de um veículo roubado na Estrada do Coco. Policiais a paisana estiveram no local e notaram que se tratava de Zoio de gato, e passaram a vigiá-lo com ajuda de monitores instalados na 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (5ª CIPM/ Vera Cruz)

Além de homicídios, Zoio de Gato é procurado por assaltos a bancos, tráfico de drogas, roubo qualificado, formação de quadrilha e porte ilegal de armas.Ele é líder de uma quadrilha no Arenoso que faz parte do Bonde do Maluco, e tem ligação com bandidos de outros estados.

Segundo o delegado da 24ª Delegacia Territorial (DT/ Vera Cruz) e o comandante da 5ª CIPM, Zoio de Gato já planejava outro assalto para acontecer ainda nesta semana. Ele teria participado de roubo à agências dos municípios de Ouricuri e Petrolina, em Pernambuco, além de participar do sequestro do prefeito de Cabrobró (PE), que lhe rendeu aproximadamente R$ 400 mil.

Com o criminoso, foram apreendidos dois veículos, um HB20 e uma Hilux com placa clonada, e uma pistola calibre 38 com numeração raspada.

Varela Notícias

180

Relator determinou a restituição aos cofres municipais na quantia de R$87.775,72, com recursos pessoais.

O Tribunal de Contas dos Municípios opinou pela rejeição das contas do prefeito de Vera Cruz, Antônio Magno de Souza Filho (PT), referentes ao exercício de 2014, na sessão desta quarta-feira (16). Os conselheiros aprovaram também que seja feita uma representação contra o prefeito ao Ministério Público Estadual para apuração de eventual crime de improbidade administrativa.

A rejeição das contas foi baseada na extrapolação continuada do índice da despesa com pessoal, ausência de recolhimento de multas e ressarcimento que lhes foram imputados e a reiterada omissão na cobrança de contas de responsabilidade do ex-prefeito Edson Vicente de Velasquez, no valor total de R$6.571.949,20.

O relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, determinou a restituição aos cofres municipais na quantia de R$87.775,72, com recursos pessoais, em razão da ausência de nota fiscal no valor de R$70.000,00; do pagamento indevido de juros e multas por atraso no cumprimento de obrigações no valor de R$9.964,82; da ausência de comprovação de despesa no valor de R$7.562,63; e do pagamento em duplicidade no valor de R$248,27. Também foi imputada multa de R$43.200,00, equivalente a 30% dos seus subsídios anuais, pela irregularidade nos gastos com pessoal, e em R$10.000,00, pelas ressalvas contidas no parecer.

Em relação à extrapolação da despesa com pessoal, por ter ultrapassado o percentual máximo de 54% no 3º quadrimestre de 2012, a administração municipal deveria ter reduzido pelo menos 1/3 do percentual excedente no 2º quadrimestre de 2013 e o restante (2/3) no 1º quadrimestre de 2014, o que não foi feito. No 1º quadrimestre de 2014, a despesa alcançou R$46.653.605,86, correspondendo a 67,57% da receita corrente líquida de R$69.041.686,46, superando mais uma vez o índice de 54% e descumprindo determinação da lei de Responsabilidade Fiscal.

A relatoria também apontou a grave omissão do gestor pela não cobrança do saldo contido na conta de responsabilidade do ex-prefeito Edson Velasquez, no valor de R$ 6.571.949,20, oriundo de exercícios anteriores, sobretudo por se tratar de recursos públicos, indevidamente, em poder de terceiro, o que poderá caracterizar ato de improbidade administrativa. Esta foi a razão que justificou a representação ao MPE. Varela