Tags Posts tagged with "Rubro-negro"

Rubro-negro

145

O Vitória finalizou na manhã deste sábado (11), na Toca do Leão, a preparação para o confronto contra o Grêmio, domingo (12), às 16h (horário de Salvador), no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Vagner Mancini fechou a atividade para a imprensa, e trabalhou principalmente aspectos táticos como bola parada ofensiva e defensiva. O treinador também deu atenção especial a cobranças de faltas e pênaltis.

Para a partida, o técnico Vagner Mancini não poderá contar com Uillian Correia e Yago, que estão suspensos. Outro desfalque é Wallace. O zagueiro pertence ao Grêmio e por questões contratuais está impedido de atuar. Já Neilton cumpriu suspensão e está de volta ao time.

O comandante Rubro-negro não divulgou o time, mas a tendência é que o Vitória entre em campo com: Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Ramon  e Geferson; José Welison, Fillipe Soutto, Patric e Neilton; David e Tréllez.

O lateral-esquerdo Juninho, que se recupera de um edema na coxa, deu voltas ao redor do gramado. Já Kieza e Willian Farias, cumpriram mais uma etapa da fase de transição e fizeram um leve trabalho sob o comando de Lucas Penha, auxiliar da preparação.

Com 38 pontos, o Vitória ocupa a 16ª posição no Campeonato Brasileiro, enquanto o Grêmio tem 57 e é o segundo colocado.

Bahia Notícias

98

Após uma grave lesão na coxa, que deixou o meia argentino Leonardo Pisculichi longe dos gramados por três meses, ainda no início da temporada, o atleta de 33 anos ficou sem sequência e perdeu o espaço no time rubro-negro.

Em reunião com a direção do Vitória, ficou acertada a rescisão do seu contrato que finalizaria no final deste ano. Detalhe: O Leão conseguiu em acordo com o jogador, reduzir a multa pela metade e não a pagará na íntegra.
Ídolo do River Plate, Leonardo Nicolás Pisculichi fez apenas 6 jogos pelo Vitória, sem gol marcado.

103

Em busca de reforços para a sequência da Série A, o Vitória já definiu o nome do seu novo meia. Trata-se de Carlos Eduardo. O jogador, de 29 anos, rescindiu contrato com o Atlético-MG no início deste mês e desde então estava sem clube. O atleta, que ficou pouco mais de um ano no Galo, mas teve uma passagem apagada pelo clube mineiro desembarca em Salvador na madrugada desta terça-feira (20) para assinar contrato, segundo apurou o Galáticos Online.

Carlos Eduardo iniciou a carreira no Grêmio e logo viveu grandes momentos. Em 2007 foi contratado pelo Hoffenheim, da Alemanha, e ganhou destaque na Europa com suas atuações.

Em 2010, o meia chegou a fazer parte da lista de reservas para a Copa do Mundo e foi comprado pelo Rubin Kazan, da Rússia, por 20 milhões de euros. Mas, sua passagem pelo clube russo foi marcada por lesões.

Em baixa no futebol europeu, ele voltou ao Brasil em 2013, para defender o Flamengo. Com uma passagem também apagada, o jogador deixou o Rubro-Negro em 2014. Carlos Eduardo ainda defendeu as Seleções Brasileiras Sub-20 e Principal.

Galáticos Online

138

Assim como o Vitória, na terça-feira, o Bahia também foi eliminado da Copa do Brasil Sub-20 por um carioca. Nesta quarta (10), em Pituaçu, o Tricolor até saiu na frente do placar, mas cedeu empate e ficou no 1 a 1 com o Flamengo.

Kaynan marcou o gol do time baiano. Mas, Gabriel Silva deixou tudo igual para o Rubro-Negro.

Com o resultado, o Esquadrão deu adeus à competição. No duelo de ida, no Rio de Janeiro, o Fla havia vencido por 1 a 0.

114

O técnico Argel Fucks, do Vitória, saiu satisfeito com a postura de sua equipe no triunfo por 1 a 0 sobre o Botafogo-PB, neste domingo (12), no Barradão, válido pela Copa do Nordeste. O treinador minimizou os dois pênaltis perdidos pelo time Rubro-negro e classificou a exibição como “convincente”.

“O resultado não diz o que foi a partida, principalmente pelo que a equipe produziu, o volume de jogo, pelas chances criadas e os dois pênaltis perdidos, que faz parte do futebol. Só perdem quem tá lá dentro. Gostei da organização da equipe no primeiro tempo e também no segundo. Criamos inúmeras oportunidades e não lembro do Fernando Miguel fazer defesa. Lembro do goleiro Michel, que foi o nome do jogo e além de pegar pênalti e ter sorte no segundo, que a bola bateu no travessão, ele fez umas quatro ou cinco defesas espetaculares. A gente conseguiu fazer uma exibição convincente e segura. Nem quando ganhamos do Flamengo de Guanambi por 6 a 1, a gente conseguiu produzir tanto como hoje”, disse o treinador, em entrevista coletiva.

Porém, o comandante Rubro-negro reconheceu que sua equipe poderia ter saído de campo com um placar elástico.

“Claro que o jogo poderia ser mais tranquilo e com o placar mais elástico, pois trabalhamos para isso. Envolvemos o adversário e controlamos o jogo do início ao fim. O Botafogo tentou na bola parada buscar alguma chance e praticamente não finalizou. O mais importante é que nossa equipe conseguiu ganhar o jogo e isso fortalece o nosso trabalho”, emendou.

Com o resultado, o Leão chegou aos dez pontos, mas caiu para a segunda colocação no Grupo E, já que o Sergipe, com a mesma pontuação, leva vantagem no saldo de gols.

O próximo compromisso do Rubro-negro é pela Copa do Brasil. O time comandado por Argel vai encarar o Vasco, quinta-feira (16), às 19h30, no Barradão, pela partida de volta do torneio nacional. Para se classificar, o Vitória precisa vencer ou empatar sem gols, já que o primeiro jogo terminou em 1 a 1.

Bahia Notícias