Tags Posts tagged with "Rio de Janeiro"

Rio de Janeiro

569

O site Super Estágios tem cerca de 200 vagas de estágio no Rio de Janeiro abertas. As chances são para candidatos de nível médio, técnico e superior. Para participar, é necessário ter a partir de 16 anos de idade e ter matrícula ativa em uma instituição de ensino.

Algumas oportunidades são nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Tecnologia da Informação (licenciatura), Gestão da Tecnologia da Informação, Turismo, Administração, Recursos Humanos, Gastronomia, Comunicação Social – Jornalismo e Relações Públicas, Direito, Técnico em Eletrônica e Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, entre outros.

As informações podem ser obtidas no site, em que as inscrições também são realizadas.

Palestras gratuitas

Em parceria com o site Super Estágios, as Faculdades São José vão oferecer palestras gratuitas na de 22 a 26 de janeiro, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Alguns dos temas são carreira de sucesso, empregabilidade, marketing pessoal e marketing para cirurgiões dentistas.

Os interessados devem se inscrever no site.

Extra

2805

O governo do Rio espera decidir, até esta sexta-feira, como será feito o pagamento do salário de dezembro a partir da próxima segunda-feira, dia 15, 10º dia útil do mês. O governador Luiz Fernando Pezão reforçou que, até o momento, somente duas áreas estão com seus vencimentos garantidos. “Por enquanto, Segurança Pública e (ativos da) Educação. Temos que esperar a arrecadação de hoje (quinta-feira)”, respondeu o governador, a respeito de uma posição para as outras categorias.

Pezão aguarda o impacto que o início do pagamento do IPVA terá sobre as contas do governo. Ontem, a Secretaria estadual de Fazenda e Planejamento liberou as guias para o recolhimento do imposto.

Caso a arrecadação ajude, é possível que o governo faça, já na segunda-feira, o pagamento de servidores da Fazenda e do Proderj, por exemplo. Outra medida que pode ser adotada é a inclusão de faixas salariais mais baixas na ordem de pagamento. Mas a tendência é que o Estado não quite 100% no dia 15.

Extra

1651

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, fechou em 2017 com alta acumulada de 2,95%, resultado 3,34 pontos percentuais inferior aos 6,29% de 2016. É o menor número desde a taxa de 1998 quando foi de 1,65%.

Os dados foram divulgados hoje (10), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que, em dezembro, o IPCA fechou em 0,44%, ficando 0,16 ponto percentual acima do resultado de novembro (0,28%). Essa foi a maior variação mensal de 2017. Em 2016, o IPCA de dezembro atingiu 0,3%.

Informe Baiano

1131

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (9) que os estados da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro adotarão a dose fracionada da vacina contra febre amarela. Com a medida, a pasta busca garantir o fornecimento do imunizante nessas regiões. A meta é vacinar 19,7 milhões de pessoas em 75 municípios destes estados.

Na Bahia, a campanha acontece em oito municípios – de 19 de fevereiro a 9 de março – com meta de 3,3 milhões de imunizados.

O fracionamento permite que uma dose, anteriormente aplicada em uma só pessoa, seja utilizada em quatro.

De acordo com o Ministério da Saúde é possível aplicar uma dose em cinco pessoas, mas foi definida uma “margem de segurança”.

“Há oito anos se acompanham os resultados com pessoas que receberam a dose fracionada e a imunização é a mesma dos que receberam a dose padrão”, ressaltou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ainda assim, crianças de nove meses até dois anos, pessoas com condições clínicas específicas (como pacientes com HIV/Aids), gestantes e viajantes internacionais continuarão com a dose padrão.

As vacinas serão fornecidas e produzidas por Bio-Manguinhos, laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O Ministério da Saúde pontuou que estudos garantem que a dose fracionada mantém a pessoa imune à doença por pelo menos oito anos. “Nós acompanharemos os estudos.

Se em um determinado momento, a dose fracionada apresentar uma redução, vamos chamar de volta. Pode ser que algum dia, se precisar, vamos chamar para um reforço”, acrescentou Barros. O Ministério informou ainda que a Organização Mundial da Saúde (OMS) autoriza o fracionamento em casos especiais.

Bahia Notícias

1440

Um medicamento que impede a propagação do vírus HIV na corrente sanguínea, já indicado como terapia antirretroviral nos Estados Unidos e em países da Europa, estará disponível ainda este mês para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em 12 estados.

O comprimido, fabricado por um grupo norte americano, já era indicado para o tratamento de soropositivos como parte do coquetel de aids. De acordo com informações da Agência Brasil, a novidade é que o fármaco poderá ser utilizado agora por quem nunca entrou em contato com o vírus, mas pode estar exposto a ele durante a relação sexual.

É o caso, por exemplo, de profissionais do sexo. Vale lembrar que não protege o usuário contra outras infecções transmitidas sexualmente.

A distribuição do remédio pelo SUS vai priorizar 7 mil pessoas com mais de 18 anos, consideradas grupos de risco de contaminação, incluindo profissionais de saúde, homens que se relacionam com homens, transexuais e casais sorodiscordantes – quando um dos parceiros é portador do HIV e o outro não. Antes do início da terapia, no entanto, é necessário fazer exames, uma vez que o remédio é contraindicado para pessoas com doenças renais e desgaste nos ossos.

Segundo o médico Juan Carlos Raxach, coordenador da área de Promoção da Saúde e Prevenção da Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids, embora o Truvada, nome comercial do medicamento, tenha demonstrado 99% de eficácia nos testes clínicos, para impedir a replicação do vírus HIV, não veio para substituir a camisinha. “Está se falando muito que a profilaxia pré-exposição vem para acabar com o uso da camisinha. Chegou para ampliar as possibilidades de se prevenir da infecção do HIV. Então, ele não vai substituir a camisinha, mas, com certeza, ampliará a possibilidade de prevenção e dará oportunidade àquelas pessoas que não gostam utiliza-la, de ter outro método para não se infectar com o vírus. ” Ente as primeiras capitais a receber o medicamento estão Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Manaus e São Paulo.

 Agência Brasil

    3043

    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, concedeu habeas corpus na noite desta quarta-feira para o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PR). O presidente nacional do PR, Antonio Carlos Rodrigues, também será solto, mas por decisão do ministro Dias Toffoli.

    Garotinho foi detido no último dia 16 de novembro, por decisão do juiz eleitoral Ralph Manhães, da 100ª Vara Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ). Ele já havia recorrido, sem sucesso, ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). Com o recesso do Judiciário, Gilmar Mendes está de plantão no TSE, o que permite que ele delibere medidas que considere urgentes fora da sua relatoria – o pedido de habeas corpus de Garotinho estava sob a responsabilidade do ministro Jorge Mussi.

    Em sua decisão, o ministro alega que, solto, o ex-governador não é “ameaça à ordem pública” e que não há, na decisão das instâncias inferiores, nenhum fato que comprove a possibilidade de Garotinho atrapalhar a tramitação da ação penal. “O TRE simplesmente relata o modus operandi dos alegados crimes praticados […] sem indicar, concretamente, nenhuma conduta atual que revele, minimamente, a tentativa de afrontar a garantia da ordem pública ou econômica, a conveniência da instrução criminal ou assegurar a aplicação da lei penal”, argumentou.

    Informe Baiano

    2808

    Internada desde segunda-feira (18), no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), do Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, por causa de uma trombose a atriz Susana Vieira deve receber alta na quarta-feira (20),  quando finalmente poderá ir para a casa e dar sequência ao tratamento para dissolver o trombo que se formou numa das pernas.

    Na noite de segunda-feira, 18, Susana postou em seu perfil no Instagram um agradecimento por tantas mensagens de apoio que recebeu dos amigos e fãs. “Oi meus amores! Meu coração está que não se aguenta de tanto amor que recebi de vocês hoje.” Segundo uma fonte do hospital, Susana é só alegria e a equipe de plantonistas da CTI não para de rir com ela.

    Varela Notícias

    952

    Em caravana há três dias por Espírito Santo e Rio de Janeiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na noite desta quarta-feira, 6, que a Operação Lava Jato ajudou a quebrar o Estado do Rio. Para um público de milhares de apoiadores e ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff, ele fez um comício de 25 minutos num palco montado na praça central de Maricá (RJ), cidade praiana governada pelo PT.

    “A Lava Jato não pode fazer o que está fazendo com o Rio. Se um empresário errou, prende o empresário. Mas não quebra a empresa, porque quem paga é o trabalhador. Porque dizem que meia dúzia roubou, não podem causar o prejuízo que estão causando à Petrobras”, afirmou. “Eu nunca na minha vida vi o Rio tão pobre, infeliz, quase na falência. O governador não tem 1% de aprovação, o outro governador está preso, o outro também, a governadora também, o presidente da Assembleia também. A política está em processo de destruição no País e o Rio é exemplo disso”, disse Lula, em referência ao governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), aos ex-governadores Sérgio Cabral (PMDB), Anthony Garotinho (PR) e Rosinha Garotinho (PR) e ao presidente afastado da Alerj Jorge Picciani (PMDB).

    Lula disse também que chegará à corrida presidencial de 2018 com disposição para ganhar: “Estou com 72 anos e o tesão de um homem de 20 para fazer política. Se querem me derrotar, vão disputar comigo nas urnas”.

    O município de Maricá é governado pelo PT há oito anos. Lurian da Silva, filha de Lula, é dirigente local da legenda e participou do ato. Mais cedo, a prefeitura da cidade mandou arrancar cartazes colados nos muros com dizeres contra o ex-presidente: “Fora de Maricá. Lula ladrão, seu lugar é na prisão”. A segurança foi reforçada pela polícia por conta da possibilidade de haver protestos contra ele, mas nada aconteceu.

    Informe Baiano

      1516

      Uma grande festa em São Paulo marca na noite de hoje (29) o lançamento do calendário oficial de Verão de Salvador, tendo como principais produtos o Réveillon (este ano com caráter de festival), o Carnaval, as festas populares e os ensaios particulares. Em entrevista coletiva realizada antes do evento, que acontece no espaço Villaggio JK (Rua Funchal, 500 – Vila Olímpia, São Paulo), o prefeito ACM Neto revelou o tema da folia momesca este ano: “Salvador, meu Carnaval”. Além disso, ele afirmou que a cidade deverá ter uma ocupação hoteleira média, nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, de 70%, sendo 100% no Réveillon e na festa de Momo. A cidade deverá receber, neste período, 2,4 milhões de turistas, um crescimento de 4,3% em relação ao Verão passado, movimentando R$3,9 bilhões na economia.

      “Esperamos ao menos 800 mil visitantes apenas no Carnaval. Desse total, 15% deverão ser de estrangeiros. Para o Carnaval, deveremos ter um aumento da ocupação dos leitos disponíveis, em comparação à festa deste ano, de 22%. Também teremos uma ocupação recorde da hotelaria no Réveillon, que decidimos mudar novamente para a orla, na região da Boca do Rio. Aliás, estamos chamando o evento de Festival da Virada, e o aumento da ocupação deve chegar a 30%. E vamos anunciar a programação com a grande completa na próxima segunda-feira (04), em Salvador”, anunciou ACM Neto.

      Os shows no palco principal da festa da virada, chamado de Arena Cidade da Música, começam na quinta-feira (28/12) e e seguem até o primeiro dia de janeiro. Entre os shows que serão realizados no Festival da Virada estarão grandes nomes nacionais, a exemplo de Gilberto Gil, Skank, Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Matheus e Kauan, Luan Santana, Danniel Vieira, Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Cláudia Leitte, Margareth Menezes, Harmonia do Samba, Léo Santana, Psirico, Bell Marques, Aviões, Wesley Safadão e Solange Almeida, entre outros.

      Essa será a terceira vez que ACM Neto vai à São Paulo no final do ano para apresentar o calendário oficial do Verão de Salvador. “Essa estratégia tem dado muito certo, pois São Paulo é o centro econômico do país. Esse contato com vocês da imprensa e do trade turístico nacional é importantíssimo para que consigamos atrair cada vez mais turistas para a nossa cidade”, ressaltou o prefeito, que participa da coletiva ao lado do vice-prefeito Bruno Reis, do presidente da Saltur, Isaac Edington, do secretário municipal de Comunicação, Paulo Alencar, e outras autoridades..

      Dados – O crescimento do número de visitantes a Salvador entre dezembro e fevereiro será de 4,3% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo coma Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Como disse o prefeito, os números são ainda mais positivos para os períodos do Réveillon e do Carnaval, como revelam as estimativas de ocupação hoteleira do próprio trade. Do total de visitantes esperados para o Verão 2017/2018, 85% corresponde à demanda interna e os 15% restantes serão preenchidos pela chegada de estrangeiros. Dos brasileiros, 57% devem vir do interior da Bahia e 43% de outros estados, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe. Dos turistas vindos de fora do país, a maioria vem da Argentina, Alemanha, EUA, França e Chile.

      Informe Baiano

      133

      O ex-secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Sérgio Côrtes, reconheceu o recebimento de vantagens indevidas entre 2002 e 2006, quando foi diretor do Instituto Nacional de Traumatologia (Into).

      Em depoimento prestado nesta quarta-feira (8) ao juiz federal Marcelo Bretas, ele admitiu ter recebido do empresário Miguel Iskin cerca de R$70 mil ao ano para despesas com viagens

      . Os repasses teria continuado mesmo após Côrtes ter assumido a secretaria, em 2007, e só seriam encerrados em 2010. Por outro lado, segundo a Agência Brasil, ele negou que tenha recebido percentual sobre contratos assinados entre o Into e as empresas de Iskin. Presi desde abril, Sérgio Côrtes prestou depoimento no âmbito da Operação Fatura Exposta, um desdobramento da Operação Calicute, que por sua vez é a principal repercussão da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

      A Operação Fatura Exposta diz respeito à cobrança das propinas na área da saúde, esquema que teria a participação do ex-secretário. O esquema envolveria a aquisição de próteses e equipamentos de empresas representadas por Miguel Iskin, de quem o ex-secretário se diz amigo.

      De acordo com o MPF, Côrtes teria direito a 2% dos contratos e Cabral 5%. No depoimento, Sérgio Côrtes revelou ainda que queria ser ministro da Saúde, mas não teve apoio de sua legenda, o PMDB. “Tive duas ou três reuniões com a presença da [ex-presidente] Dilma Rousseff e participei da elaboração de parte do programa de governo”, contou.

      Sem sucesso na investida, ele planejava se candidatar a deputado federal em 2014, imaginando que, se vencesse as eleições, ficaria em boa posição para novamente pleitear o cargo. Para tanto, quando já estava fora do governo estadual, teria acertado com Iskin uma doação de U$ 3 milhões depositados em uma conta na Suíça. Parte dos recursos foi usada para despesas pessoais e o restante já foi entregue recentemente à Justiça.

      Agência Brasil