Tags Posts tagged with "Gremio"

Gremio

145

O Vitória finalizou na manhã deste sábado (11), na Toca do Leão, a preparação para o confronto contra o Grêmio, domingo (12), às 16h (horário de Salvador), no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Vagner Mancini fechou a atividade para a imprensa, e trabalhou principalmente aspectos táticos como bola parada ofensiva e defensiva. O treinador também deu atenção especial a cobranças de faltas e pênaltis.

Para a partida, o técnico Vagner Mancini não poderá contar com Uillian Correia e Yago, que estão suspensos. Outro desfalque é Wallace. O zagueiro pertence ao Grêmio e por questões contratuais está impedido de atuar. Já Neilton cumpriu suspensão e está de volta ao time.

O comandante Rubro-negro não divulgou o time, mas a tendência é que o Vitória entre em campo com: Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Ramon  e Geferson; José Welison, Fillipe Soutto, Patric e Neilton; David e Tréllez.

O lateral-esquerdo Juninho, que se recupera de um edema na coxa, deu voltas ao redor do gramado. Já Kieza e Willian Farias, cumpriram mais uma etapa da fase de transição e fizeram um leve trabalho sob o comando de Lucas Penha, auxiliar da preparação.

Com 38 pontos, o Vitória ocupa a 16ª posição no Campeonato Brasileiro, enquanto o Grêmio tem 57 e é o segundo colocado.

Bahia Notícias

54
O início de recuperação de Maicon deve ocorrer ao término do período de imobilização do pé

O Grêmio informou, neste sábado (2), que o volante Maicon foi submetido com sucesso a uma cirurgia no tendão de Aquiles. O jogador deve receber alta no domingo e permanecerá dez dias com o pé esquerdo imobilizado.

“Na manhã deste sábado no hospital Moinhos de Vento foi realizada com sucesso a cirurgia no tendão de Aquiles do volante Maicon”, publicou o Grêmio em seu site oficial. “O procedimento foi conduzido pelo ortopedista José Sanhudo em conjunto com os médicos do Grêmio Felipe do Canto e Márcio Bolzoni.”

O início de recuperação de Maicon deve ocorrer ao término do período de imobilização do pé. O jogador, contudo, não atuará mais nesta temporada e só retornará aos gramados em 2018.

Trata-se de mais um problema físico em meio a um passado recente repleto de contusões. Maicon vem sofrendo com lesões desde o ano passado e passou boa parte desta temporada atuando no sacrifício. Durante os últimos meses, o próprio atleta admitiu as dores no tendão, fruto de uma tendinite no local, mas disse que jogaria com o incômodo enquanto fosse possível.

57

O Grêmio usou reservas, e conseguiu frear a sequência de quatro vitórias seguidas do Atlético-PR. Mas o empate em 0 a 0 neste domingo (20) foi frustrante pela aproximação mínima ao líder Corinthians.

Com um ponto a mais na classificação, o Tricolor chegou a 40. Ficou sete atrás dos paulistas, que perderam para o Vitória por 1 a 0 no sábado. A margem poderia ficar em cinco pontos, mas acabou não acontecendo.

Já o Rubro-Negro, que vinha de quatro resultados positivos, soma 30 pontos e pulou para o sexto lugar.

O time gaúcho optou por suplentes para preservar os titulares de olho na semifinal da Copa do Brasil. O jogo de volta com o Cruzeiro está marcado para a próxima quarta. Pelo Brasileiro, o compromisso seguinte será diante do Sport. Já o Atlético-PR encara o Flamengo.

Paulo Victor, a cada chance que recebe, pressiona mais Marcelo Grohe. A disputa pelo posto no gol do time titular ganhou força com boas defesas do ex-flamenguista neste domingo.

Lincoln não conseguiu justificar a expectativa em seu futebol. Errou uma série de passes e pareceu ‘distante’ da partida. Sonolento, foi substituído no segundo tempo e saiu vaiado.

Bressan foi bem. Testado para atuar entre os titulares na Copa do Brasil, o defensor ganhou status e justificou a confiança do técnico Renato Gaúcho. Não falhou em momentos importantes e fez o simples.

De olho na Copa do Brasil, competição pela qual enfrenta o Cruzeiro na próxima quarta-feira, Renato Gaúcho voltou a preservar os titulares do Grêmio. Com time quase totalmente reserva (apenas Bressan deve começar diante dos mineiros em razão da lesão de Pedro Geromel), o Tricolor não teve a mesma condição ofensiva que tem com seus melhores jogadores. Já o Atlético-PR, por determinação do clube, também deixou vários titulares de fora. O sistema de rotação fez Fabiano Soares não contar com atletas importantes e forçou várias mudanças mesmo sem uma razão especial.

Foram poucas chegadas de parte a parte. Grêmio e Atlético-PR passaram a maior parte do tempo nos 45 minutos iniciais se estudando e trocando passes laterais. E os raros momentos em que o gol pareceu perto, foi o Rubro-Negro que protagonizou. Com uma conclusão perigosa de Ederson e uma série de chutes de longe, o time visitante mostrou que pretendia o gol, mesmo que ainda sem a força que o feito requer.

O segundo tempo foi muito mais animado que o primeiro. Depois de 45 minutos sem qualquer oportunidade clara, logo aos 10 o Grêmio por pouco não marcou. Um chapéu de Everton na tentativa de conclusão deixaram o lance o mais bonito da partida até então.

GRÊMIO

Paulo Victor; Léo Gomes (Beto da Silva), Bressan, Bruno Rodrigo e Marcelo Oliveira (Conrado); Jailson, Kaio, Lincoln (Patrick) , Léo Moura e Fernandinho; Everton.T.: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR

Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Wanderson e Fabrício; Esteban Pavez, Eduardo Henrique (Pablo) e Guilherme; Nikão, Sidcley (Rossetto) e Ederson (Douglas Coutinho).T.: Fabiano SoaresLocal: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)Árbitro: Jailson Macedo de FreitasAuxiliares: Alessandro Rocha Matos e Elicarlos Franco de OliveiraRenda: R$ 461.000,00 / Público: 15.369Cartões amarelos: Zé Ivaldo (CAP), Guilherme (CAP); Jailson (GRE).

 Folhapress.

111
O tricolor gaúcho se manterá na ponta do Campeonato Brasileiro se Ponte e Cruzeiro não golearem

Eufórico e cansado após a histórica classificação na Copa Libertadores, obtida na última quarta-feira, o Atlético-PR pareceu ter sentido o ritmo e teve atuação desastrosa neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Melhor para o Grêmio. Depois de um primeiro tempo apático, o time de Renato Gaúcho se acertou, liquidou o jogo em apenas 13 minutos e obteve uma boa vitória por 2 a 0, mesmo jogando fora de casa e tendo Marcelo Grohe expulso.

O resultado manteve o Grêmio 100% na competição, com seis pontos, enquanto o Atlético-PR segue sem somar nenhum. O time paranaense tenta se reabilitar no próximo domingo, quando recebe o Flamengo, mesmo dia em que o Grêmio encara o Sport fora de casa. O clube gaúcho, contudo, recebe antes o Zamora pela Libertadores, quinta-feira, em Porto Alegre.

Vivendo um bom momento na temporada, as duas equipes entraram em campo com objetivos ligeiramente distintos neste domingo. O Atlético Paranaense, por um lado, depois da histórica vitória sobre a Universidad Católica por 3 a 2, resultado que o garantiu nas oitavas da Libertadores, necessitava se reabilitar na competição nacional – foi massacrado na estreia por 6 a 2, para o Bahia.

O Grêmio, por sua vez, precisava manter o embalo após as boas vitórias sobre o Botafogo, por 2 a 0, na estreia do Brasileirão, e sobre o Fluminense por 3 a 1, pelo jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil. Dois resultados importantes e que diminuíram a pressão no elenco depois da eliminação no Campeonato Gaúcho.

Assim, os dois treinadores mantiveram a base das últimas partidas – a única surpresa foi a presença de Carlos Alberto no meio-campo atleticano – e apostaram na repetição dos feitos obtidos na última semana.

Nada, contudo, saiu como o esperado no primeiro tempo. Atlético Paranaense e Grêmio fizeram um primeiro tempo burocrático e pouco inspirado ofensivamente, mais marcado pelas faltas e pelos cartões amarelos do que pela criatividade.

Mandante do duelo, o Atlético Paranaense até dominou a posse, mas não conseguia infiltrar e chegava apenas em chutes de longe, sem qualquer perigo para Marcelo Grohe. O time ainda pediu pênalti em finalização de Rossetto, que bateu na mão de Kannemann, mas a arbitragem nada assinalou.

Já o Grêmio foi chegar apenas aos 38, em chute de Pedro Rocha defendido por Weverton. Era pouco para um time que vinha de duas vitórias categóricas. E, provavelmente “chacoalhado” por Renato Gaúcho no intervalo, o time voltou com outra postura e abriu o placar logo aos 40 segundos: Arthur deu bom lançamento, Ramiro desviou para trás e Luan, da entrada da área, com perfeição, acertou o ângulo.

O Atlético Paranaense ainda tentou empatar pouco depois, em cabeceada de Eduardo da Silva, por cima do gol. Mas, aparentemente cansado após a desgastante vitória sobre a Universidad Católica, o time foi dominado pelo Grêmio. E, aos 13, aproveitando cruzamento de Ramiro, Lucas Barrios escorou com classe e liquidou o duelo.

Atordoado após sofrer o segundo gol, o Atlético Paranaense buscou pressionar, mas pecava na desorganização e pouco criava de efetivo. Marcelo Grohe ainda foi expulso – recebeu dois amarelos – por retardar seguidas vezes a cobrança de tiro de meta. O goleiro reserva Léo, então, entrou no lugar de Lucas Barrios. Nem assim, contudo, o atabalhoado time da casa conseguiu descontar.

Embora tenha aumentado a pressão nos minutos finais, a equipe de Paulo Autuori amargou sua segunda derrota na competição e viu, ainda, com merecimento, o Grêmio manter-se 100% no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO-PR 0 X 2 GRÊMIO

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 21 de maio de 2017, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: Weverton e Thiago Heleno (Atlético-PR); Ramiro, Lucas Barrios e Marcelo Grohe (Grêmio)
Cartão vermelho: Marcelo Grohe (Grêmio)
Gols: Luan aos 40 segundos e Barrios aos 13 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto, Carlos Alberto (Guilherme) e Nikão; Pablo (Douglas Coutinho) e Eduardo da Silva (Grafite). Técnico: Paulo Autuori

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Rafael Thyere), Ramiro, Luan e Pedro Rocha (Jaílson); Lucas Barrios (Léo). Técnico: Renato Gaúcho

148

Esquecer o revés por 1 a 0 para o Grêmio e focar na Ponte Preta. Esse é o pensamento do atacante Zé Love, do Vitória. O atleta projeta um jogo difícil, mas confia em resultado positivo.

“Infelizmente perdemos aqui para o Grêmio, mas agora é esquecer e pensar na próxima partida, que é contra a Ponte Preta. No Campeonato Brasileiro não tem partida fácil e lá será outra partida complicada. Vamos trabalhar forte para conseguir o resultado positivo fora de casa”, disse o atacante.

O duelo com o time campineiro está marcado para a próxima quinta-feira (13), às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 35 pontos, o Vitória ocupa a 14ª posição na tabela de classificação do certame nacional.

Bahia Notícias

252

Chegou a 55 o número de jogadores precificados para a primeira rodada do Cartola FC 2016. Cinco atletas tiveram seus preços divulgados nesta quarta-feira. Dois são do Cruzeiro. O goleiro Fábio e o meia Robinho, que chegou ao clube mineiro vindo do Palmeiras. Os outros são o zagueiro David Braz, do Santos; o atacante Luan, do Grêmio; e o também atacante Lucca, do Corinthians.

Fábio é uma opção para o gol que deve ter bastante trabalho, já que o Cruzeiro estreia fora de casa contra o Coritiba. O valor do arqueiro ficou em C$ 9. Agora companheiro de clube do arqueiro, Robinho ficou um pouco mais barato: C$ 7.

Os dois atacantes precificados possuem boa diferença de valores e irão se enfrentar na rodada de abertura. Lucca, do Corinthians, custará C$ 8,50. O adversário que vai visitar a equipe paulista em sua arena é o Grêmio, que terá Luan valendo C$ 14 na primeira rodada do Cartola.

O zagueiro David Braz, do Santos, completa a lista com o valor de C$ 8. O Peixe enfrenta o Atlético-MG, no Independência.

Luan Grêmio x Fluminense (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Nesta terça-feira foram confirmados os preços de 13 jogadores. Outros 30 foram precificados na segunda. Os valores variam entre C$ 15 e C$ 28. O valor de sete já tinham sido conhecidos através das enquetes de bons e baratos, em que os mais votados custarão C$ 5. O mercado abrirá na próxima semana.

Neste ano, o jogo virtual ganha ainda uma versão Pro. Por apenas R$ 5,70 por mês ou R$ 39,90 à vista, o cartoleiro pode se transformar em um “Cartoleiro Pro”, criar e participar de mais ligas e ter acesso a itens exclusivos. Vale ressaltar que o Cartola FC 2016 continua gratuito, mas com uma versão paga que apresenta mais funcionalidades e opções como a personalização premium, criação e participação de cinco ligas clássicas, criação e participação de ligas mata-mata e a liga PRO premiada. Quem optar pela versão gratuita, terá direito a personalização básica, criação e participação de duas ligas clássicas e participação de cinco ligas clássicas.

Outra exclusividade do cartoleiro Pro é a criação das ligas mata-mata, que tem foco no curto-prazo e coloca no game o popular método de competição onde duas equipes se enfrentam e a que perde a partida é eliminada. A ideia é ter uma modalidade que não precise de 38 rodadas para determinar um campeão.

Nas disputas de mata-mata, será possível jogar um “mini-Cartola” de duas a cinco rodadas, com quatro a 32 jogadores, em confrontos diretos. O cartoleiro Pro terá a possibilidade de convidar seus amigos para participar, inclusive aqueles que não adquirirem o pacote especial. O usuário terá também acesso a uma galeria exclusiva de camisas e escudos para a criação de seus times. Globo Esporte

    183
    Segundo informações do jornal Zero Hora, após uma longa negociação, Grêmio e OAS chegaram a um acordo sobre a compra da Arena Grêmio. O comunicado do acerto foi enviado pela direção da construtora ao clube na noite desta sexta-feira (25). Conforme o periódico, o anúncio oficial deve ocorrer na próxima semana.
    Em contato telefônico com Zero Hora, o presidente Romildo Bolzan Jr. afirmou que não irá se manifestar sobre o status da negociação. Presente a um evento consular em Portão, Bolzan disse que o clube irá respeitar o andamento natural das conversas, porém reafirmou que se trata de “um processo irreversível”.
    “O Grêmio não confirma ou nega a negociação final, em respeito a uma situação que ainda não aconteceu. Mas reafirmo, no entanto, que este é um processo irreversível e que vem avançando”, disse Romildo.
    Ainda segundo o jornal, para comprar a Arena, o Grêmio desembolsará R$ 360 milhões em um prazo de 18 anos. O pagamento do débito ocorrerá em duas partes. Na primeira, que vai durar seis anos, o clube paga R$ 144 milhões, em parcelas mensais de R$ 2 milhões aos bancos, para quitar o financiamento obtido junto ao BNDES para a construção do estádio. Nos 12 anos seguintes, o pagamento será feito à OAS, que receberá R$ 216 milhões em parcelas mensais de R$ 1,5 milhão. O clube também cede a área do Estádio Olímpico, avaliada em R$ 180 milhões, em definitivo à OAS. Bocão News