Tags Posts tagged with "goleiro"

goleiro

3629
Goleiro foi emprestado ao Juventude, em 2013, mas voltou ao rubro-negro no início de 2015

Goleiro foi emprestado ao Juventude, em 2013, mas voltou ao rubro-negro no início de 2015.

O goleiro Fernando Miguel está negociando com o Vasco da Gama e pode deixar de fazer parte do elenco do Vitória. As informações são do site Arena Rubro-Negra.

Fernando havia até sido escalado para iniciar a partida contra o Fluminense no domingo (06), mas foi retirado da lista de relacionados.

O goleiro foi emprestado ao Juventude, em 2013, mas voltou ao rubro-negro no início de 2015, quando passou de vez a ser titular do clube. Varela

 

137

Enquanto o grandalhão de 1,90 metro treina num canto do gramado do Estádio Carlos Honório Benedito Ottoni, municipal, adaptado para servir de centro de treinamento do Boa Esporte Clube, em Varginha, interior de Minas Gerais, grupos de pessoas xeretam de longe, por trás do portão vermelho que dá acesso ao campo. Estão ali, na tarde da quarta-feira (15), para testemunhar os primeiros movimentos do goleiro Bruno no retorno ao futebol profissional após seis anos de prisão por assassinato.

Com câmeras, microfones e bloquinhos nas mãos, um grupo é formado por repórteres e cinegrafistas. A imprensa faz uma cobertura muito mais intensa do que o Boa, time da segunda divisão nacional e do segundo escalão mineiro, está habituado quando apresenta novos atletas.

Noutro grupo há senhores de chinelos e bigodes por fazer, sentados em pedaços de troncos, jogando conversa fora.

Outro grupo tem crianças e adolescentes, nitidamente os mais ansiosos por se aproximar do novo reforço. Estão lá desacompanhados dos pais, empolgados pela nova contratação, mas tímidos por ver um astro tão de perto. Júlio Cardoso, o Aranha, preparador de goleiros, faz repetições para testar os reflexos do goleiro.

O professor bate de chapa na bola no lado esquerdo, Bruno se joga para agarrar, arremessa de volta e fica de pé. Repete no lado direito. Depois no esquerdo.

Seis vezes. Fazem uma pausa. “Só quero trabalhar, professor”, diz Bruno em voz alta ao preparador, depois de ouvir algumas palavras no pé do ouvido.

Uma avaliação física mais consistente ainda vai mostrar aos donos do Boa se ele terá condições, como prevê Aranha, de jogar profissionalmente em 40 ou 50 dias. Os primeiros sinais percebidos são positivos. O goleiro faz os exercícios sem ofegar, tem músculos definidos e nenhuma gordura aparente.

Vez ou outra alguém tenta chamar a atenção dele de longe. “Deus te abençoe nesta nova caminhada!”, grita uma voz feminina na arquibancada. Esticado no gramado, o jogador faz sinal de joia e responde: “Amém! Conto com vocês”. Depois do treinamento e do banho, faz a alegria dos novos fãs. Do lado de fora do portão, há fila para encontrar Bruno. As primeiras são uma mulher e uma garota. Depois, um trio com dois meninos e uma menina. Em seguida vêm três rapazes mais velhos. Um a um, Bruno atende todos. Fala pouco, mas sorri, faz poses e incentiva um molequinho tímido de roupa surrada a tirar um selfie com ele.

O clima de reverência ao ídolo contrasta com o racha causado no resto do Brasil. Bruno Fernandes das Dores de Souza era titular absoluto do Flamengo, venerado pela torcida e cotado para a Seleção Brasileira quando foi preso preventivamente em 2010.

Depois, foi condenado a 22 anos e três meses de reclusão pela participação na morte da modelo paranaense Eliza Samudio, sua namorada.

A condenação em primeira instância foi por homicídio com três agravantes – motivo torpe, meio cruel e impedimento de defesa da vítima. Em 24 de fevereiro de 2017 veio a reviravolta. Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus ao atleta porque o recurso dele em segunda instância ainda não havia sido julgado. A liminar permite a ele aguardar pela Justiça em liberdade.

No momento, não há prazo para o julgamento em segunda instância. Os donos do Boa agiram rápido.

O empresário Roberto Moraes surpreendeu os irmãos Rone e Rildo quando apareceu com Bruno e seu empresário, Lúcio Mauro, para almoçar.

112
Foto: reprodução internet

Fora da prisão desde a última sexta-feira (24), quando conquistou a liberdade por meio de uma liminar concedida pelo STF, o goleiro Bruno não demorou muito para receber sua primeira proposta oficial para retornar aos gramados.

O Penarol, do Amazonas, demonstrou interesse em contar com o goleiro que estava preso desde 2010 para esta temporada.

Recém promovido à primeira divisão do futebol estadual, o Leão da Velha Serpa, como é conhecido, confirmou o interesse em contar com Bruno por meio do seu diretor de futebol, Sérgio Rodrigues, em entrevista ao Globoesporte.com. A entrevista, inclusive, foi reproduzida no próprio site oficial do clube amazonense.

Na matéria, o dirigente declara que a intenção de contratar o atleta tem como base principal o marketing que a equipe conquistaria com o novo reforço.

Lembrando que equipes cariocas possuem um grande número de torcedores no estado, Sérgio acredita que o nome do ex-goleiro do Flamengo seria bem aceito pela torcida do Penarol.

Bruno, apesar de não vir atuando profissionalmente, tem contrato com o Montes Claros, de Minas Gerais até 2019. O vínculo foi assinado enquanto o goleiro ainda cumpria pena na Penitenciaria Nelson Hungria, no Rio de Janeiro, e foi por conta do acerto com o time mineiro que ele foi transferido para Minas Gerais.

O presidente do clube do norte de Minas já declarou que quem tiver a pretensão de contratar o jogador precisará pagar uma multa de R$3 milhões.

O goleiro ainda não comentou sobre o interesse do Penarol, e segundo a assessoria do clube, a resposta só deverá ser recebida agora após o carnaval. O Leão da Velha Serpa atualmente é comandado por Humberto Santos, ex-zagueiro com passagens por Náutico e Santa Cruz que já treinou diversas equipes do Nordeste. Tribuna da Bahia

238

Nesta sexta-feira (4), o goleiro Caíque foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-20. A equipe comandada pelo treinador baiano Rogério Micale disputará dois amistosos contra a equipe sub-20 do México, na Cidade do México, nos dias 11 e 13 de novembro.

Caíque se apresenta à seleção brasileira no dia 7 (segunda-feira). O goleiro disputou 15 partidas pelo Leão na temporada.   Varela Notícias

274

Bastante criticado por conta das atuações nas decisões da Copa do Nordeste e no jogo de ida cotra o Vitória da Conquista pelo primeiro duelo da final do Campeonato Baiano, o goleiro Jean vai ser mantido como titular do Bahia. A informação foi revelada pelo técnico Sérgio Soares. Para o treinador, o prata da casa tem totais condições de defender o Esquadrão.

“O Jean é o único escalado para o jogo de domingo. Eu não consigo entender porque tanta questão com o Jean. É um menino de 19 anos, com um baita potencial, seleção brasileira sub-20 e olímpica, prata da casa, que pode dar uma resposta para que a base possa ter atletas no time de cima com o mesmo potencial. Eu não consigo entender tanta pegação de pé com o garoto. É um garoto com enorme potencial e está escalado para domingo. É único dos onze escalado para domingo. O resto vamos ver”, disse Soares.

Se o gol não terá mudanças, o ataque deve continuar sem Léo Gamalho. Cortado da lista de relacionados do duelo contra o Ceará por conta de uma pancada na panturrilha, o jogador passou por exames médicos que apontaram um edema no local e segue como dúvida para decisão contra o Bode.

“Temos opções, vamos trabalhar amanhã (sábado 2) e se optarmos com três atacantes esses atacantes vão ter que fechar o meio, não vão ficar fincados lá na frente. Precisamos fazer três gols, mas não pode ser índio, atacar de qualquer jeito. O adversário tem qualidade, já provou isso. Jogadores que têm um contra-ataque forte, e temos que ver isso também”, explicou Soares. Correio

810

Defendida por Marcelo Lomba desde 2011, a camisa um do Bahia vai voltar a ser usada por um jogador formado nas divisões de base do clube após 11 anos. Com a saída de Lomba, emprestado à Ponte Preta, o goleiro Omar vai ganhar chance na equipe de cima. O último arqueiro da base do Esquadrão que teve sucesso no time principal foi Márcio, destaque na campanha do Campeonato Brasileiro da Série B de 2004.

De lá para cá foram nada menos que 17 goleiros diferentes no clube. O diretor de futebol, Alexandre Faria, já deixou claro que o Tricolor não vai buscar outro jogador para a posição e vai apostar nos jovens Douglas Pires e Omar, que desbancou o companheiro e vai ter chance no time de Sérgio Soares.

“Tenho certeza que estamos bem preparados. Quem o professor optar vai ser a melhor escolha. O Bahia tem três grandes goleiros e todos estão preparados para assumir a posição. Essa opção a gente deixa para o treinador. O Bahia é que vai ser beneficiado. Temos três grandes goleiros (Omar, Douglas Pires e Guido). Ainda tem o Jean, que daqui a pouco estará integrado com a gente de novo”, disse Omar.

No Bahia desde de 2009, Omar chegou ao clube indicado pelo preparador de goleiros Ricardo Palmeira, com quem trabalhou no Cruzeiro, para reforçar a divisão de base. Ficou nas categorias inferiores durante um ano e em 2010 ganhou as primeiras chances no time principal. Esteve em campo em momentos importantes do clube, como no jogo do acesso à primeira divisão, quando Bahia bateu a Portuguesa por 3 a 0, no estádio de Pituaçu.

As boas atuações fizeram Omar cair nas graças da torcida, mas o goleiro seguiu no banco de reservas. A maior sequência aconteceu em 2010, quando ganhou a vaga do criticado Tiago durante o Campeonato Baiano. Porém, o arqueiro voltou a ser a terceira opção da equipe no Brasileirão após a contratação de Marcelo Lomba.

Sem chances no time titular, Omar chegou a ser especulado em outras equipes, mas seguiu no Fazendão. Na temporada passada, o goleiro sofreu uma lesão no joelho, passou por cirurgia e perdeu espaço no banco para o amigo Douglas Pires. Porém, o goleiro deu a volta por cima em 2015, e parece ter conquistado a confiança do treinador. Correio