Tags Posts tagged with "estupro"

estupro

3549

cantora americana Melanie Martinez, 22, negou, nesta terça-feira (5), a acusação de estupro feita pela também cantora Timothy Heller, que descreveu Martinez como “uma ex-melhor amiga”. Martinez disse que Heller “nunca disse não” para o que as duas decidiram fazer juntas.

“Eu estou horrorizada e triste com as declarações e a história contada esta noite por Timothy Heller”, escreveu.”O que nós duas compartilhamos foi uma amizade por um período de tempo. Nós entramos na vida uma da outra quando ambas estávamos começando nossas carreiras como artistas, e tentamos ajudar uma a outra”, disse.

Heller fez a acusação, nesta segunda-feira (4), via Twitter: “noite difícil”, escreveu garantindo ter dito “não repetidamente” aos avanços sexuais de Martinez. Segundo ela, a cantora praticou sexo oral e usou brinquedos eróticos, sem o seu consentimento, enquanto passavam uma noite juntas em sua casa. “Ela sabia que eu não queria isso, havia deixado claro”, afirmou.

A cantora teria feito perguntas sobre as preferências sexuais de Heller e pedido para fazer sexo com ela. Heller disse que se sentiu desconfortável e recusou o pedido, mas que Martinez começou a tocar em seu braço e depois em todo o seu corpo. Heller relatou, no texto, que sofreu abuso sexual anteriormente e que tinha um namorado na época em que as duas eram amigas.

Folhapress.

241

Três integrantes da banda New Hit não foram encontrados pela Polícia Civil e já são considerados foragidos, de acordo com informações do jornal Correio. O vocalista do grupo, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, conhecido como Dudu Martins, além de Edson Bonfim Berhends dos Santos e Guilherme Augusto Campos Silva já foram condenados pelo crime de estupro em segunda instância. Esta semana, a juíza Marcela Pamponet, da Vara Criminal de Ruy Barbosa, decretou a execução provisória da pena dos oito acusado acusados. Willian Ricardo de Farias, Weslen Danilo Borges Lopes, Michael Melo de Almeida, John Ghendow de Souza Silva e Alan Aragão Trigueiros já se apresentaram à polícia e estão detidos na sede da Polinter, em Salvador.

136
Reprodução/Twitter Mohamed Amrani ainda vestia avental cirúrgico quando estupro mãe de paciente em seu escritório, em hospital londrino Fonte: Último Segundo - iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2017-03-30/estupro.html

Cirurgião despiu mãe de paciente e a estuprou em seu escritório; outras quatro mulheres também foram assediadas sexualmente pelo cardiologista.

Um dos maiores cirurgiões cardiovasculares do Reino Unido está respondendo por acusação de estupro depois de abusar sexualmente de mãe de um paciente, afirmando que “ela o devia” por ele ter salvado a vida de seu filho.

Em julgamento, a vítima de estupro contou que Mohamed Amrani, de 53 anos, ainda vestia seu avental cirúrgico quando se forçou para cima dela. Ela disse que ele começou a beijá-la, forçando a entrada de sua língua e, então, foi descendo por suas orelhas e pescoço.

Em seguida o cirurgião a despiu e disse “eu vou te f****” logo antes de penetrá-la contra sua vontade. Ela implorou para que Amrani parasse, mas ele simplesmente a virou e disse que iria transar com ela de costas. Então, o médico sentou no sofá de seu escritório no Hospital Harefield, em Londres, e fez com que ela fizesse atos sexuais nele.

Abalada após o ataque, a vítima sentiu que não podia reportar o acontecido por causa da posição de Amrani dentro do hospital e também porque a esposa do médico também trabalhava para a instituição em meio período.

A vítima é uma das quatro mulheres que alegam terem sido atacadas pelo médico entre 2001 e 2014. O cirurgião foi denunciado à polícia em 2015, depois de fazer mais uma vítima: uma mulher que teria apalpado em um hospital particular.

Relato da vítima

A mulher descreveu seu agressor como “um cirurgião brilhante”, que a ajudou quando seu filho adoeceu. Ele a assediou logo após a cirurgia. “Ele começou a dizer: ‘Você me deve pela ajuda que eu te dei’”.

Ela estava andando em direção ao escritório do médico quando foi abordada por ele. Quando se sentou no sofá, em frente ao computador,  ele “levantou e veio para cima de mim, se inclinando para me beijar”. Ela disse que ficou “completamente em choque e desacreditada”.

O médico ainda teria se levantado para trancar a porta e, desse modo, se voltou para cima dela. “Ele começou a me beijar novamente. Não conseguia me mexer, estava paralisada, completamente congelada”, disse. “Foi uma sensação horrível”.

“Ele me puxou do sofá para que ficasse de pé. Lembro que ele cheirava a café, agora sempre que entro em algum lugar com cheiro de café, revivo toda a experiência”.

Amrani a empurrou de volta ao sofá para que sentasse e se colocou em pé, forçando-a a realizar sexo oral nele. O ataque só foi interrompido quando o telefone do médico tocou. Ele atendeu, se vestiu e foi embora. “Na hora eu só conseguia pensar ‘não tem como eu denunciar isso’”.

Respondendo a uma acusação de estupro, uma de abuso por penetração, seis por atentado ao pudor e três por assédio sexual, o médico alega ser inocente e diz que as cinco mulheres inventaram suas denúncias.

 Fonte: Último Segundo – iG

159

Investigadores da Delegacia Território (DT), de São Desidério, cumpriram, na segunda-feira (27), um mandado de prisão temporária contra Alecsandro Gomes dos Santos, acusado de ter estuprado e roubado uma adolescente de 16 anos.

O crime ocorreu em 2014, no distrito de Roda Velha, depois que Alecsandro, usando uma camisa que encobria o rosto, invadiu a casa da vítima, que estava sozinha, e consumou o ataque, se utilizando de ameaças contra a vida da garota.

O delegado Carlos Ferro, titular da DT/São Desidério, explicou que o crime só foi elucidado agora graças às provas materiais levantadas durante às investigações, as quais levaram Alecsandro a confessar, quando interrogado, que foi o autor do estupro.

Segundo o delegado, a investigação encontrou muitas dificuldades para chegar ao autor, uma vez que, na ocasião do ataque, a vítima não viu o rosto de Alecsandro e nem havia testemunhas que tivessem presenciado o fato. Custodiado na carceragem da DT/São Desidério, o estuprador agora se encontra à disposição da Justiça.

Conforme nota da Ascom / Polícia Civil.

214
Foto: divulgação

A menina está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar e seu período de gestação não foi divulgado.

Um homem foi preso no povoado Baixa do Boi, zona rural de Paulo Afonso, após suspeita de estuprar irmã de 13 anos, na última sexta-feira (13). O acusado de 31 anos também é suspeito de ter engravidado a jovem.

A menina teria sido encaminhada para um hospital da cidade, após passar mal e, ao constatarem que a adolescente estava grávida, ela foi encaminhada para a delegacia da mulher, onde contou que havia sido estuprada pelo irmão.

A jovem morava com o irmão, a esposa dele e o sobrinho, e disse ser abusada sexualmente desde os 12 anos.

Um homem foi preso no povoado Baixa do Boi, zona rural de Paulo Afonso, após suspeita de estuprar irmã de 13 anos, na última sexta-feira (13). O acusado de 31 anos também é suspeito de ter engravidado a jovem.

A menina teria sido encaminhada para um hospital da cidade, após passar mal e, ao constatarem que a adolescente estava grávida, ela foi encaminhada para a delegacia da mulher, onde contou que havia sido estuprada pelo irmão.

A jovem morava com o irmão, a esposa dele e o sobrinho, e disse ser abusada sexualmente desde os 12 anos. Varela

123

Luis Carlos Santana dos Santos, 44 anos, foi morto na noite desta segunda-feira (9) pela população em Feira de Santana depois de, segundo a polícia, estuprar uma criança de 6 anos. De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios (DH), Gustavo Coutinho, o crime aconteceu por volta das 19h, no bairro Novo Horizonte.

A criança, que também mora no bairro, foi socorrida por familiares e levada para o Hospital da Criança, onde segue internada. O estado de saúde dela não foi informado. Os moradores também atearam fogo no imóvel do suspeito. Foi necessário ação do Corpo de Bombeiros para apagar as chamas. Uma equipe da 65ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sobradinho) esteve no local, mas ninguém foi detido.Ainda de acordo com Coutinho, moradores desconfiaram que a criança estava na casa de Luis Carlos e, ao invadir o local, encontraram a menina com lesões e sangramento nas genitais. Revoltados, eles espancaram Luis Carlos com pauladas e pedradas. O suspeito acabou morrendo no local.

Ainda de acordo com Coutinho, familiares do suspeito informaram que ele era ex-presidiário, mas nenhum registro foi localizado com os dados dele. “A família também contou que ele bebia muito e havia violentado uma enteada e, por isso, a companheira dele resolveu mudar de cidade”, disse. As testemunhas dos crimes serão ouvidas nesta terça-feira (10).

Correio24hs

280

Um garoto de 8 anos foi estuprado e morto na sexta-feira (9) por dois vizinhos, na zona rural do município de Floresta Azul, no sul da Bahia.

Após confessar o crime, um jovem de 18 anos foi preso e um adolescente de 15 anos foi apreendido.

As informações foram confirmadas ao G1 neste sábado (10) pela delegada Ana Paula de Oliveira, que investiga o caso.

De acordo com a delegada, o menino foi levado pela dupla para uma região de mata de difícil acesso e lá foi agredido e morto.

A vítima chegou a ser dada como desaparecida pela família, que realizou buscas na cidade, até chegar aos suspeitos e denunciar o caso à polícia.

Segundo a delegada, após ser pressionado, o adolescente confessou o crime e levou a polícia até o local onde o corpo da criança tinha sido deixado. Ele também entregou o outro envolvido no crime, que chegou a negar a participação, mas depois também confessou.

A delegada informou que o corpo do garoto foi encontrado sem roupas e com sinais de estrangulamento. Ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, a cerca de 49 quilômetros de Floresta Azul, onde será periciado para determinar a causa da morte.

Conforme a delegada, o adolescente e o jovem foram levados para a carceragem da 6ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Itabuna), onde estão à disposição da Justiça.

Segundo ela, o transporte precisou ser feito com cautela, pois a população da cidade onde ocorreu o crime queria agredir a dupla. “Tivemos que fazer o percurso todo pela zona rural, para não passar por dentro da cidade. Tinha umas mil pessoas na porta da delegacia”, contou.

A delegada Ana Paula de Oliveira disse ainda que denúncias apontam que não é a primeira vez que o jovem de 18 anos se envolve em um caso de abuso sexual.

De acordo com ela, o rapaz estaria morando em Floresta Azul há pouco tempo, pois teria fugido de São Paulo, onde vivia com o pai, após tentar estuprar uma menina de 11 anos.

Ele estava abrigado na casa de familiares que moram na cidade baiana.

 Bocão News

140

Um homem de 32 anos foi preso, suspeito de estuprar a própria mãe. De acordo com a publicação do portal R7, a idosa supostamente já teria abusado do filho durante a infância.

O crime ocorreu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Vizinhos disseram que as brigas eram constantes dentro do apartamento na Avenida Tamandaré, onde os dois moravam juntos.  Notícias ao Minuto

    159

    O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito para investigar o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) por suspeita de estupro da jornalista Patrícia Lélis. O ministro Edson Fachin acolheu nesta quinta-feira (15) o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) para instaurar a apuração. De acordo com a Folha, em agosto a Polícia Civil de São Paulo enviou ao Supremo a queixa prestada por Patrícia em uma delegacia paulista, e o então presidente da corte, Ricardo Lewandowski, compartilhou o documento com a PGR. Além da denúncia de estupro, Patrícia relatou que o chefe de gabinete do deputado a ameaçou com uma arma e a manteve em cárcere privado. Caso os procuradores concluam que houve tentativa de estupro, Feliciano pode ser denunciado. Em caso contrário, o inquérito será arquivado. Feliciano disse à publicação que ainda não foi notificado da decisão do STF e que está à disposição da Justiça, como esteve desde o início das investigações. “Acredito que a verdade será demonstrada e ficará provado que sou apenas mais uma vítima dessa pessoa”, afirmou. Por outro lado, a Polícia Civil de São Paulo indicou a jornalista por extorsão e falsa comunicação de crime, e ainda suspeita que Patrícia tenha extorquido dinheiro do assessor de Feliciano para inocentá-lo.

    Bahia Notícias

    267
    Foto: reprodução

    Dois homens são suspeitos de violentar sexualmente uma adolescente de 15 anos, durante uma sessão de tatuagem, em Salvador. Em entrevista a Record Bahia, a vítima contou que o tatuador Luís Paulo de Jesus, conhecido como LP, 27 anos, e um amigo a forçaram o relacionamento antes do procedimento. “Quando a gente chegou lá, ele tava com um amigo dele. Aí, um veio pra cima de mim, primeiro. E o outro veio depois. Aí os dois me assediaram e me forçaram a ficar com os dois. Só que eu não queria”, disse.

    Ainda segundo a vítima, o suspeito afirmou que o abuso seria cometido como forma de pagamento de uma suposta dívida da menor. Ela ainda afirmou que tinha pedido para o suspeito parar e chegou a tentar negociar o pagamento da suposta dívida de outra maneira.Após cometer a violência, segundo a adolescente, os suspeitos fizeram ameaças caso o abuso fosse denunciado.

    Não há informações sobre a prisão do suspeito. A vítima seguiu para o IML (Instituto Médico Legal), onde fez exames para comprovar o estupro. Bocão

    A vítima fez a ocorrência na Delegacia de Polícia
    A vítima fez a ocorrência na Delegacia de Polícia