Imprensa nacional enaltece gestão de ACM Neto: “Administração testada e aprovada”

Imprensa nacional enaltece gestão de ACM Neto: “Administração testada e aprovada”

1780

Em matéria publicada nesta última sexta-feira (1º/12) pela revista Isto É, o prefeito ACM Neto aparece como grande destaque.

O gestor está entre os “Brasileiros do ano”, com a indicação de 10 personalidades nacionais, de diversos segmentos de importância para o país. ACM Neto se mostra ao lado de nomes como Luciano Huck, Juliana Paes, Milú Vilela e João Carlos Martins.

A notoriedade de ACM Neto não é por menos. Aos 38 anos, ele foi eleito o prefeito mais bem avaliado entre as 26 capitais do País.

Os dados são reflexos de um levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas em maio deste ano. Segundo os números, 79,5% da população da capital da Bahia aprovam sua gestão.

“É um índice surpreendente em meio à crise da política tradicional, aos escândalos de corrupção e à decepção da sociedade com os seus representantes”, ressalta a Isto É, que ainda narra parte da carreira política do gestor.

“A política está no sangue de ACM Neto.

Filiado ao Democratas, antigo PFL, desde 1997, ele é neto e herdeiro político do falecido governador da Bahia e senador Antônio Carlos Magalhães e sobrinho do deputado e ex-presidente da Câmara, Luís Eduardo Magalhães. Convivendo com a figura folclórica do avô ACM, que dominou a política baiana por quatro décadas, o prefeito de Salvador começou cedo.

Aos oito anos, já era síndico mirim de seu prédio. Com apenas 11 anos, foi cabo eleitoral na campanha do avô ao governo da Bahia em 1990. ACM Neto, aliás, atuou em inúmeras campanhas do avô e do tio antes de chegar a Brasília”.

Isto É ainda ressalta o fato de “apesar de ter ascendido na política graças ao avô, ACM Neto conseguiu se desprender da imagem de ACM e atualmente é conhecido como um bom gestor, de tom moderado, pois não se envolve em grandes disputas políticas Além disso, ainda conseguiu unir uma forte base aliada na capital baiana.

O trabalho de destaque como prefeito o credencia a concorrer ao governo da Bahia em 2018”.

Por fim, a revista ainda enaltece a boa gestão feita por ACM Neto. “Em sua gestão, grandes obras foram realizadas em diversos pontos da cidade, como a revitalização de toda a orla.

Em crônica escrita em julho, quando a morte de ACM completou dez anos, o prefeito revelou um conselho que ouviu do avô quando tinha 19 anos o qual obedece até hoje: é preciso dedicação exclusiva”.

Aratu online

Sem cometários