Cruz das Almas: assaltante atira e bala pega em ambulância após assaltar...

Cruz das Almas: assaltante atira e bala pega em ambulância após assaltar a Microcomp

2752
Foto: Portal Cruz

A loja de Informática Microcomp, situada Rua Augusto José Pereira, próximo ao Cruz das Almas Club, no centro da cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, foi assaltada nesta manhã por três assaltantes que roubaram oito notebooks que estavam numa prateleira, dando um prejuízo de quase R$ 15 mil.

Segundo informações, o assalto aconteceu por volta das 11h30 e os dois assaltantes que entraram na loja, ao sairem em direção ao carro, um Pálio de cor vermelha, estacionado em frente ao Escritório de Advocacia Roberto Coelho, onde outro comparsa os aguardava para a fuga, ao fechar a porta de vidro da loja, foi empurrado por um cliente de dentro da loja, o qual cambaleando correu em direção ao carro. Nesta atitude e assustado, tirou a pistola, virou para trás e fez vários disparos contra o cliente da loja, que pretendia reagir a ação dos criminosos. Ainda segundo informações, um desses disparos atingiu o vidro de uma ambulância que estava trânsito em direção a Panificadora Parati.

Susto

A ação criminosa, que não houve prisões, pois o ato surpresa e a rapidez da ação não houve tempo da polícia chegar ao local, assustou muita gente. Os empresários e clientes do laboratório e Exames em frente a empresa assaltada, ficaram assustados com os estampidos disparados pela pistola do bandido armado, apesar de os outros suspeitos que estavam juntos, também estavam armados (revelado por uma empresária que viu o terceiro assaltante em pé, próximo ao Pálio vermelho).

O advogado Roberto Coelho, em entrevista ao Portal Cruz, falou do susto vivido nesta manhã. Segundo ele, tudo aconteceu bem rápido e ele que estava com seu filho dentro do escritório, se escondeu, deitando no chão, assustado com tamanha violência. Dr. Roberto Coelho disse ainda, que o suspeito estava portando permuda e o seu carro estava estacionado em frente ao seu escritório e que ficou com receio do mesmo entrar no escritório, mas deu graças a Deus por não ter acontecido o pior.

Foto: Paulo Galvão - Os computadores estavam expostos para a venda
Foto: Paulo Galvão – Os computadores estavam expostos para a venda

Sem cometários